Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Musical: “Clara – Uma luz na noite”

«Venham conhecer a história de Mãe Clara. Uma lisboeta. Uma pessoa normal, como nós, que deixou os salões dourados da nobreza do séc. XIX para se dedicar aos pobres. “Esta é que é a minha gente!"»

«A história começa na casa de uma família numerosa em que uma das filhas vai numa visita de estudo ao Instituto Hidrográfico de Lisboa e recebe a tarefa de fazer um trabalho sobre a sua história. Vai-se embrenhar de tal modo na história da Mãe Clara que acaba por decidir juntar-se às Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição.

Em paralelo, inicia-se a história principal no Século XIX com o Pe. Beirão a dar início ao seu sonho de constituir uma congregação de religiosas portuguesa que se dedicasse a apoiar os doentes e os pobres. Libânia, jovem nobre e órfã de pai e mãe, cruza-se com o Pe. Beirão quando entra para o pensionato da Casa de S. Patrício onde este era assistente espiritual. Libânia faz votos de Capuchinha e é desafiada pelo Pe. Beirão para ir a França fazer o noviciado nas Irmãs Franciscanas Hospitaleiras e Mestras, para mais tarde poder fundar uma congregação semelhante em Portugal. Volta cheia de energia como Superiora Local das irmãs hospitaleiras francesas.

É feito o pedido à Santa Sé para aprovação da nova congregação portuguesa o que é conseguido tornando-se a Maria Clara do Menino Jesus a sua Superiora Geral auxiliando o Pe. Beirão na sua missão. Com a morte do Pe. Beirão, Maria Clara fica sozinha à frente da congregação com algumas irmãs como conselheiras e inicia-se a expansão da congregação para outros territórios.»

O musical conta «com dezenas de talentosos actores de todas as idades que nos contam a história de Mãe Clara (Maria Clara do Menino Jesus), fundadora da CONFHIC - Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, com mais de 140 obras espalhadas pelo mundo, e criadora da sopa dos pobres do séc. XIX».

«O GTMR - Grupo de Teatro Musical Religioso surgiu em 2013 na Parede [Cascais] com o objetivo de integrar os jovens e suas famílias nas atividades da paróquia de uma maneira lúdica e divertida, evangelizando através das artes» (Produção do Musical).

Obra: “Clara – Uma luz na noite”
Libreto, letras, encenação: Tiago Sepúlveda
Interpretação: Grupo de Teatro Musical Religioso


Data: 14.10.2018
Hora: 16h00, 21h00
Local: Estoril (Cascais), auditório da Senhora da Boa Nova
Observações: Aquisição de bilhete


Data: 21.10.2018
Hora: 17h00
Local: Porto, auditório do Seminário do Vilar
Observações: Aquisição de bilhete



 

SNPC
Imagem: D.R.
Publicado em 12.10.2018

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos