Papa Francisco
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Terra Santa

Aqui nasceu a Igreja, e daqui partiu: Papa Francisco no Cenáculo

«Aqui nasceu a Igreja, e nasceu em saída. Daqui partiu, com o Pão repartido nas mãos, as chagas de Jesus nos olhos e o Espírito de amor no coração.»

Naquela que foi uma das últimas etapas da viagem à Terra Santa, o papa Francisco presidiu hoje à missa no Cenáculo, onde ocorreu a última ceia de Cristo, espaço que é propriedade de Israel e está habitualmente interdito às celebrações eucarísticas.

Na perspetiva do papa, «sair, partir, não significa esquecer» a memória do que aconteceu no Cenáculo, que «recorda o serviço, o lava-pés que Jesus cumpriu», gestos que significam serviço, designadamente ao «pobre, doente e excluído da sociedade».

O Cenáculo é também local de sacrifício, a começar pelo eucarístico, ali instituído: «Jesus oferece-se por nós ao Pai, para que também nós nos possamos unir a Ele, oferecendo a nossa vida, o nosso trabalho, as nossas alegrias e as nossas dores».

«Quanto amor, quanto bem brotou do Cenáculo. Quanta caridade saiu daqui, como um rio da nascente, que ao início é um ribeiro depois e depois alarga-se e torna-se grande», afirmou Francisco.

A sala da Última Ceia assinala igualmente «a despedida do Mestre e a promessa de reencontrar-se com os seus amigos»: «Jesus não nos deixa, nunca nos abandona, vai à nossa frente para a casa do Pai; e, para lá, nos quer levar consigo». 

FotoREUTERS/Jack Guez/Pool

O Cenáculo evoca, ainda, «o nascimento da nova família», a Igreja, que «tem uma Mãe, a Virgem Maria»: «A família cristã pertence a esta grande família, e nela encontra luz e força para caminhar e renovar-se, através dos cansaços e das provações da vida».

«A esta grande família são convidados e chamados todos os filhos de Deus de todo o povo e língua, todos irmãos e filhos do único Pai que está nos céus», sublinhou o papa, que, visivelmente cansado, agradeceu a presença dos patriarcas orientais católicos, que tornam visível a necessidade de a Igreja respirar com dois pulmões, do oriente e do ocidente.

Francisco já está no avião que o transporta de regresso a Roma, onde se espera que chegue pelas 22h00, hora de Lisboa..

Como memória da primeira viagem de Francisco à Terra Santa deixamos algumas das fotografias mais vistas, partilhadas e comentadas na página do Facebook do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

 

FotoFrancisco abençoa o repórter palestiniano Imad Freij, tendo ao lado o jornalista português Henrique Cymerman. Henrique Cymerman. 24.5.2014. Foto: L'Osservatore Romano 

 

FotoPapa Francisco toca a água do rio Jordão, no local onde Jesus foi batizado. Jordânia, 24.5.2014. AP Photo/Mohammad Hannon

 

FotoPapa Francisco reza junto ao muro que separa Belém de Israel. 25.5.2014. Foto: AP

 

FotoPapa Francisco e patriarca ecuménico de Constantinopla, Bartolomeu, rezam juntos no Santo Sepulcro, em Jerusalém. 25.5.2014

 

FotoO abraço entre cristianismo, judaísmo e islão. Francisco, Abraham Skorka e Omar Abboudrabi, após oração junto ao Muro das Lamentações. 26.5.2014. Foto: AP Photo / Andrew Medichini, Pool

 

FotoPapa Francisco beija a mão de Sonia Tunik-Geron, sobrevivente do Holocausto. Memorial de Yad Vashem, Jerusalém, 26.5.2014. Foto: REUTERS/Baz Ratner

 

FotoJerusalém, Cidade de Paz: Papa Francisco e o presidente de Israel, Shimon Peres, plantam uma oliveira no jardim do palácio presidencial. 26.5.2014. Foto: REUTERS/Amir Cohen

 

Andrea Avveduto
In Vatican Insider
Trad./redação: SNPC/rjm
26.05.14

Redes sociais, e-mail, imprimir

FotoPapa Francisco
Cenáculo,Jerusalém
26.5.2014
REUTERS/Andrew Medichini/Pool

 

Ligações e contactos

 

Artigos relacionados
Papa Francisco no Getsémani: Quem sou eu diante de Jesus que sofre?
Papa planta árvore da paz com presidente de Israel e lembra que lugares santos não são museus mas espaços de fé
Papa Francisco ao grande mufti de Jerusalém: «Ninguém instrumentalize para a violência o nome de Deus»
Papa Francisco reza no Memorial do Holocausto: «Quem és, homem? Em que te tornaste? De que horror foste capaz?» | IMAGENS |
Papa Francisco diz que está aberto a «situação nova» reconhecida por todos no exercício do ministério petrino | VÍDEO |
Divergências não devem parar caminho para a unidade: Papa Francisco e patriarca Bartolomeu celebraram juntos e assinaram declaração
Papa diz que Palestina tem direito a «pátria soberana», critica antissemitismo e sublinha que Deus quis que Jerusalém fosse cidade de paz
Papa Francisco convida presidentes de Israel e Palestina a rezarem juntos no Vaticano pela paz
Papa Francisco celebrou missa junto ao local onde Jesus nasceu e lamentou lágrimas das crianças causadas pela fome, guerra, tráfico e falta de amor
Surpresa na viagem à Terra Santa: Papa Francisco reza junto ao muro que separa Belém e Israel
Papa Francisco chega à terra onde nasceu Jesus e pede «audácia da generosidade» pela paz
Papa Francisco na Terra Santa: Diversidade «não deve provocar rejeição» porque «variedade é sempre enriquecimento» | VÍDEO |
Papa Francisco visitou local de Batismo de Jesus e rezou pela conversão de quem alimenta a guerra | VÍDEO + IMAGENS |
Espiritualidade, ecumenismo, diálogo inter-religioso e refugiados marcam visita do papa Francisco à Terra Santa

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página