Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Chamo-me Cristian, tenho 38 anos, e sou o bispo católico mais jovem do mundo

D. Cristian Crişan, de 38 anos, tornou-se o bispo mais novo da Igreja católica, ao receber o terceiro grau do sacramento da Ordem, a 21 de junho, na catedral de Blaj, Transilvânia, Roménia, país onde nasceu a 11 de outubro de 1981.

O prelado foi eleito bispo auxiliar da diocese de Alba Iulia e Făgăraș pelo sínodo da Igreja greco-católica da Roménia em janeiro deste ano, tendo sido confirmado pelo papa Francisco. Antes, foi visitador apostólico para os crentes greco-católicos romenos na Europa Ocidental.

«Recebi a notícia com surpresa, emoção e gratidão para com o santo padre, o papa Francisco, com sua beatitude o padre Luciano [cardeal, arcebispo maior da Igreja romena unida a Roma, greco-católica], e com todos os nossos bispos por este sinal de grande confiança em mim», declarou.

«Como sacerdote, coloquei a minha vida nas mãos do Senhor, como resposta a um chamamento», acrescentou, observando que «ser jovem pode ser útil para entrar num diálogo mais fácil com o mundo em que vivemos, entendendo os seus desafios, mas também o seu grande potencial».

«O meu ministério continuará nesta lógica: ser obediente ao nosso arcebispo, responder aos sussurros do Espírito, estar aberto a capitalizar o potencial daqueles com quem me encontre», assinalou.

Em declaração proferida por ocasião da ordenação, D. Cristian Crişan evocou o «sangue dos mártires» católicos da Roménia: «Recordo-me que pelos oito anos, na minha povoação-natal, próximo de Reghin, ouvi pela primeira vez falar do mistério da Igreja perseguida, da qual nada sabia. Então compreendi porque é que os meus avôs e pais oravam “em espírito”, porque é que esses velhos padres que nos visitavam foram presos».

O novo bispo estudou filosofia e teologia em Blaj, de 2000 a 2003, antes de ser enviado para Roma, para estudar direito canónico, e depois para Paris, onde aprofundou ciências da educação.

Em 2007 foi graduado pelo Ateneo di Sant’Anselmo, na Cidade Eterna, e no ano seguinte foi ordenado padre católico do rito bizantino, em Bucareste.

Com a ordenação episcopal, D. Cristian Dumitru Crişan tomou o lugar do ucraniano D. Stepan Sus como o bispo mais novo, mais velho apenas quatro dias, e que foi ordenado em janeiro. Ambos são os únicos prelados com menos de 40 anos no mundo católico.

O direito canónico prevê a idade mínima de 35 anos para a ordenação episcopal. Em 1979, o atual cardeal Robert Sarah foi o bispo mais novo da Igreja católica, com 34 anos, num tempo em que a idade mínima para receber o último grau do sacramento da Ordem era de 30 anos. A partir de 1983, o limite mínimo passou a ser o atual.


 

Rui Jorge Martins
Fontes: Vida Nueva, Vatican News, Katolisch, Biserica Romana Unita
Imagem: D. Cristian Crişan | Biserica Romana Unita | D.R.
Publicado em 01.07.2020

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos