Breves
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Música

Concertos de Natal regressam às igrejas de Lisboa

A Câmara Municipal de Lisboa volta a propor, de 7 a 22 de dezembro, concertos de Natal em várias igrejas da capital, num programa que «alia a música sacra ao património cultural da cidade».

A iniciativa abre com cânticos romenos do Grupo Coral Theoforos de Timisoara, na basílica da Estrela, e termina com um repertório de Beethoven pelo Coro Sinfónico Lisboa Cantat e a Orquestra de Câmara Portuguesa, na igreja de São Domingos.

Na solenidade da Imaculada Conceição, 8 de dezembro, a Escola de Música do Conservatório Nacional executa o concerto “Mater Dei”, enquanto que no dia 14 o Coro de Câmara Lisboa Cantat propõe os Coros do Messias de Händel.

O programa inclui ainda Coros de "O Messias", de Händel, e canções internacionais de Natal, além de «música instrumental que se pode inserir num contexto espiritual e sacro».

A 20 de dezembro é apresentado o álbum “Canções de Natal Portuguesas”, que os Pequenos Cantores do Conservatório de Lisboa gravaram sob a direção da maestrina Joana Carneiro, naquele que é o único concerto com entrada paga.

 

Programa

Dia 7

Cânticos romenos de Natal
Basílica da Estrela
21h30

Grupo Coral Theoforos de Timisoara (Roménia)
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (300 lugares)

O concerto, promovido pelo Instituto Cultural Romeno, propõe levar o público para uma viagem fascinante pela diversidade do cântico romeno, através de um repertório variado, composto não apenas por cânticos simples e antigos dos pastores romenos, mas também por cânticos cultos dos grandes compositores romenos.

Na véspera de Natal, Marin Trache
Noite de Natal, harmonização: Nicu Moldoveanu
Viemos apregoar o nascimento de Jesus, Tiberiu Brediceanu
Cantai a Boa Nova, Gheorghe Danga (Solista Andrei Şchiopu)
Saudai com mil louvores, Gheorghe Danga
Em Belém, Nicolae Lungu
Menino Jesus na manjedoura, Valentin Teodorian
À porta do Paraíso, Emil Monţia
Noite Santa de Natal, Nicolae Ursu
Louvai o Céu - Padre Iulian Cârstoiu
O nosso Senhor Jesus Cristo, Gh. Danga (Solista Ionuţ Ardereanu)
Pai Natal, Gheorghe Danga
Três pastores, Nicolae Ursu
Festa de luz, Timotei Popovici
O milagre, Gheorghe Cucu
Adoração dos Pastores, Vasile Popovici
Os três magos do oriente, Nicolae Ursu
Em Belém, Constantin Drăguşin
Filho de Deus e Deus do Céu, Gheorghe Cucu
Adeste Fideles, Gianni Malatesta
Carol of the bells - Mykola Leontovych 
Noite Feliz (Stille Nacht) - Arthur Harmat
Gritem-lá, ó fidálgos!, Maxim Vasiliu

 

Dia 8

Mater Dei
Igreja de S. Nicolau
16h00

Escola de Música do Conservatório Nacional
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (350 lugares)

A Escola de Música do Conservatório Nacional apresenta em concerto dois dos seus Coros, os Pequenos Cantores e o Coro Geral, no dia em que é celebrada a Imaculada Conceição, consagrada Rainha de Portugal por D. João IV, data na qual se celebrou igualmente durante vários séculos o Dia da Mãe. Por esta razão, o programa apresentado aborda o papel importante da Mãe de Deus na História de Portugal, assim como no Natal que se aproxima, através de repertórios de diversas épocas.

Peças de Benjamin Britten
Procession
Wolcum Yole!
There is no Rose
That yongë childe e Bulalow
This little Babe
Interlude

Ave Maris Stella - Canto gregoriano
Ding Dong, Merrily on High – Thoinot Arbeau, arr. Charles Wood
Regina Coeli – Gregor Alchinger
Hark! The Herald Angels Sing – Felix Mendelssohn, adapt. W.H. Cummings
Adeste Fideles – Trad. Natal, arr. Tiago Marques
Senhora, nós vos louvamos – Manuel Faria, arr. Tiago Marques
Huachito Torito – Trad. Argentina, arr. Dante Andreo
Joy to the World – Lowell Mason (baseado em G.F. Handel)
Huahuanacá – Trad. Bolívia, arr. Dante Andreo
Natal de Elvas – Trad. Natal, arr. Mário de Sampayo Ribeiro

Oito contos do Natal – Jorge Croner de Vasconcellos
Conto do Natal Jesus, Maria, José
Natal (Elvas)

Laudate Dominum, omnes gentes – Wolfgang Amadeus Mozart

 

Dia 13

In furore
Igreja de S. Roque
21h30

Os Músicos do Tejo
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (500 lugares)

O concerto apresenta três aspetos da música Sacra, o cantabile Napolitano de Leo, o virtuosismo de Vivaldi e o stile antico que pontua o Grand Concerto de Händel e que o compositor interpretava no meio dos seus Oratórios sacros.

Salve Regina em Fá Maior - Leonardo Leo

Concerto grosso em Lá menor op. 6 Nº 4 - Georg Friedrich Händel
Larghetto affetuoso – Allegro - Largo e piano – Allegro - Georg Friedrich Händel

Sinfonia al Santo Sepolcro, RV 169 - Antonio Vivaldi
Motete: In furore iustissimae irae, RV626 - Antonio Vivaldi

 

Dia 14

Coros do Messias de Händel
Igreja da Madalena
16h00

Coro de Câmara Lisboa Cantat
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (125 lugares)

Uma das Oratórias mais conhecida da música ocidental, Messiah, foi escrita por George Frideric Handel, em 1741, com textos compilados por Charles Jennens; a primeira parte desta obra contém profecias e textos sobre a Encarnação de Jesus Cristo, passando a uma segunda parte sobre a Paixão, que termina com o famoso coro Hallelujah!, e a terceira parte incide sobre a Ressureição, o triunfo de Jesus Cristo e a glorificação a Deus. Apresentam-se neste programa as partes corais de uma obra que revela de forma magistral uma reflexão sobre Jesus Cristo como O Messias.

Coros de O Messias - Händel

 

Dia 15

Sacrum Praesepium
Igreja da Graça
16h00

Ensemble Vox Angelis
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (350 lugares)

O Natal é a Festividade que comemora o nascimento de Jesus Cristo. Segundo os crentes, o nascimento do Messias (ou Cristo) estava já previs­to no Antigo Testamento. Trata-se de um acontecimento religioso e social muito importante para as Igrejas Cristãs, juntamente com a Páscoa. Por isso, é consagrado à Reunião da Família, à Paz, à Fraternidade e à Solidariedade entre todos os Homens. Neste Concerto, iremos interpretar algumas das mais importantes obras clássicas dedicadas ao Natal, juntamente com famosas canções de Natal que aludem à Paz e ao Amor entre os homens.

Concerto grosso nº 4 - Arcangelo Corelli
Adagio – Allegro
Adagio – Vivace
Allegro

Canções internacionais de Natal
Coventry Carol
Adestes Fideles
Oh Holy Night
Oh, Christmas Tree
Joy to the World
Deck the Halls
Hark ! The Herald Angels sing
Gloria in Excelsis Deo

Concerto Grosso nº 8 - Torelli
Grave-Vivace
Largo
Vivace

O Anjo Gabriel - Ennio Morricone

Canções de Natal em Português
Na fria Lapinha
Correi Pastorinhos
Noite Feliz
Feliz Natal

 

Dia 20

Maratona de cinco concertos
Cinema S. Jorge

16h30 – 21h30

Conservatório de Lisboa
Sala Montepio: Entrada livre mediante levantamento prévio de bilhete e limitada à lotação de 150 lugares
Sala Manoel de Oliveira: preço: 1ª Plateia: 12,50€; 2ª Plateia e Balcão:10 €; lotação de 750 lugares

Esta maratona de concertos, protagonizada por alunos do Conservatório de Lisboa, constitui um convite a uma viagem pelo trabalho, individual e coletivo, de crianças e jovens que procuram diariamente atingir a excelência interpretativa.
O programa seguidamente indicado refere-se à apresentação do álbum “Canções de Natal Portuguesas” que os Pequenos Cantores do Conservatório de Lisboa gravaram sob a direção da maestrina Joana Carneiro. O concerto decorre às 21h30, na Sala Manoel de Oliveira, e está sujeito a entrada paga.

José Embala o Menino – Eurico Carrapatoso

Três Canções Alentejanas de Natal – Carlos Marecos
Entrai, Pastores Entrai
Pastores do Verde Prado
Natal de Elvas

Triste Pastora – Vasco Pearce de Azevedo

O Sono do Menino – Sérgio Azevedo

Bendito e Louvado Seja – Vasco Pearce de Azevedo

Fado de Natal – João Madureira

Amigo de Papelão – Mário Ribeiro

 

Dia 21

Natal sem palavras II
Igreja de Santo Agostinho
16h00

Os Músicos do Tejo
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (150 lugares)

Apresentação de alguma música instrumental que se pode inserir num contexto espiritual e sacro, com uma obra descritiva de Biber mas também com obra de D. Gabrielli, de cuja linhagem procede, e outra de J. S. Bach que a continua.

Domenico Gabrielli
Canon para dois Violoncelos e basso continuo
Sonata em Lá Maior para violoncelo e basso continuo - Grave-Allegro-Largo-Presto

J.S. Bach
Suite para violoncelo solo em ré menor, BWV 1008 (excertos). Prelude 3:44 – Sarabande 5 – Gigue 3

Heinrich Ignaz Franz Biber
Passacaglia para violino solo 10'
Sonata do Rosário - A crucificação  - para violino e basso continuo

 

Dia 22

Milagre natalício
Igreja de São Domingos
16h00

Coro Sinfónico Lisboa Cantat, Orquestra de Câmara Portuguesa
Entrada livre, sujeita à lotação do espaço (580 lugares)

A Missa em Dó maior op. 86 de Beethoven foi escrita em 1807, fazendo parte de uma tradição de missas/concerto iniciada em 1795, no mesmo ano em que Haydn regressa da sua 2ª viagem a Londres e recebe a encomenda para escrever anualmente uma missa para aquela efeméride. A partir de 1802, Haydn vê-se impossibilitado por razões de saúde de responder a esta tarefa, e em 1807 o príncipe recorre aos serviços de Beethoven.

Missa em Dó Maior op. 86, (1807) - Ludwig van Beethoven


© SNPC | 04.12.13

Redes sociais, e-mail, imprimir

FotoFoto: José Frade

 

Ligações e contactos

 

Artigos relacionados

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página