A teologia visual da beleza
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosLigaçõesBrevesAgenda Arquivo

Arquitetura

A "igreja" transparente

O duo Gijs Van Vaerenbergh, resultante da parceria entre os arquitetos belgas Pieterjan Gijs (1983) e Arnout Van Vaerenbergh (1983), criou um projeto em que o conceito de igreja tradicional é transformado num «objeto transparente».

Situada numa paisagem rural belga, esta “igreja” tem 30 toneladas de aço, duas mil colunas e 100 peças dispostas em camadas. O conjunto, que chega aos 10 metros de altura, assenta em betão armado.

Os jogos de luzes e sombras proporcionados pela mudança das condições atmosféricas e da posição da Terra em relação ao sol podem permitir a quem esteja dentro da “igreja” ser mais sensível à espiritualidade e ao sobrenatural.

 

FotoLocalização

 

Foto

 

Foto

 

Foto

 

 

Foto

 

Foto

 

Foto

 

Foto

 

Foto

 

Foto

 

 

 

© SNPC | 16.11.11

Foto

 

 

Artigos relacionados

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Subscreva

 


 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página