Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Papa pede proteção de S. José e diz que «oração pessoal» deve substituir “24 horas para o Senhor”

O papa pediu hoje a proteção de S. José, solenidade que os católicos assinalam esta quinta-feira, 19 de março, dia que, há sete anos, Francisco presidiu à missa para a solene inauguração do seu pontificado.

«Amanhã festejaremos a solenidade de S. José. Na vida, no trabalho, na família, na alegria, na dor, ele procurou sempre e amou o Senhor, merecendo o elogio da Escritura como homem justo e sábio. Invocai-o sempre, com confiança, especialmente nos momentos difíceis, e confiai a este grande santo a vossa existência», afirmou o papa na audiência geral, realizada na biblioteca do Vaticano.

Francisco recordou o momento de oração por toda a Itália, organizada pelos bispos do país, que vai decorrer também nesta quinta-feira, pelas 21h00 (hora local), com recitação do terço, na contemplação dos mistérios luminosos.

«O rosto transfigurado e luminoso de Jesus Cristo conduzem-nos a Maria, mãe de Deus, saúde dos enfermos, à qual nos dirigimos com a oração do rosário, sob o olhar amoroso de S. José, guardião da sagrada família e das nossas famílias. Peçamos-lhe que guarde, de modo especial, as nossas famílias, de modo especial os doentes, e as pessoas que estão a cuidar dos doentes, médicos, enfermeiras, enfermeiros, voluntários, que arriscam a vida neste serviço», disse.

Na sexta-feira e sábado, 20 e 21 de março, a Igreja católica promove a iniciativa “24 horas para o Senhor”, momento importante da Quaresma no qual se dá especial atenção à oração e à celebração «da misericórdia de Deus», através do sacramento da Reconciliação.

Nos locais onde essa «bela tradição» não pode decorrer como habitualmente, devido às medidas de emergência causadas pela pandemia do coronavírus, essa iniciativa «penitencial» pode viver-se «com a oração pessoal», apontou Francisco.


 

Rui Jorge Martins
Fonte: Vatican News
Publicado em 18.03.2020

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos