Vemos, ouvimos e lemos
Publicidade e Internet

Publicidade e «site» reconduzem milhares de católicos à Igreja

Em menos de três semanas, três mil católicos regressaram à Igreja na Diocese de Phoenix, Estados Unidos, devido ao «site» CatholicsComeHome.org. O plano de acção consiste, além do «site», em publicidade difundida na televisão local – incluindo a Fox News e a ESPN – que retrata a verdade e o lado bom da Igreja Católica.

O presidente da companhia Catholics Come Home, Tom Peterson, explicou que os anúncios foram concebidos para levar as pessoas ao «site», onde podem encontrar respostas para perguntas sobre os ensinamentos da Igreja, assim como colocá-las em contacto com o seu pároco, a fim de regressarem ao seu lar, a Igreja Católica

Antes de fundar a Catholics Come Home, Peterson trabalhou em publicidade. Chegado à reforma, Deus revelou-se-lhe, o que motivou uma mudança completa de vida. Os seus talentos no mundo da publicidade começaram então a ser colocados ao serviço da evangelização.

Depois da primeira campanha publicitária, a Diocese reportou um aumento significativo de participações nas celebrações eucarísticas, além de “31 mil visitantes terem entrado no «site», vindos de Phoenix, de outras cidades dos Estados Unidos e de mais de 60 países, para colocar questões, consultar os horários das Missas, ler informações sobre assuntos relacionados com o casamento, ver testemunhos ou encomendar o livro «Rediscovering Catholicism» (Redescobrindo o Catolicismo), de Matthew Kelly.

Antes de os comerciais passarem na televisão, dois pequenos filmes, “Epic” e “Movie” foram apresentados a um pequeno grupo formado por ex-católicos, praticantes, cristãos não católicos e ateus.

A reacção foi espantosa: 78% dos participantes respondeu positivamente aos filmes. Antes de observar os vídeos, 90% das pessoas que os viram tinham impressões negativas sobre a Igreja Católica; depois de ver a publicidade, 54% ficaram com uma opinião muito mais favorável. Mentes e corações foram tocados por estes criativos e inspirados anúncios.

O primeiro comercial, “Epic” retrata a história, beleza e espiritualidade da Igreja que Jesus iniciou há dois mil anos. Peterson referiu que “muitas pessoas não se dão conta da História da Igreja. Não compreendem que Pedro – o Apóstolo da Bíblia – foi o primeiro Papa. Não conhecem os feitos grandiosos que a Igreja realizou ao longo dos séculos”. O anúncio representa igualmente a universalidade da Igreja ao mostrar uma «fiesta» mexicana, uma Missa africana, um Baptismo em Tonga, cooperadores a servir na selva vietnamita, entre outras cenas.

Página dos testemunhos

Os espectadores de “Epic” comentaram sentir-se orgulhosos de ser católicos. Os padres, por seu lado, mostraram que o filme revigorou a sua vocação. O vídeo também tocou ex-católicos, que disseram que o anúncio mostrou a verdade sobre a Igreja – “verdade que nunca viram em décadas”.

O segundo anúncio, “Movie”, tem um efeito diferente. Peterson descreveu-o como espelhando o livro do Apocalipse, que refere que cada pessoa será chamada a prestar contas da sua vida. Muitas pessoas choram quando vêem o filme porque ele mostra que “independentemente do que fizemos, podemos aceitar a misericórdia de Jesus, que nos ajudará a criar o final perfeito para cada uma das nossas vidas”.

O «site» contém informação para três grupos de pessoas: os que foram católicos, os que não são católicos e os “praticantes”. Peterson descreveu o «site» deste modo: “Dá respostas às perguntas sobre os ensinamentos da Igreja e porque é que a fé é importante no mundo agitado e confuso de hoje." Além de oferecer uma visão geral da fé, a plataforma dispõe de um motor de pesquisa para que cada pessoa possa encontrar o pároco da sua área de residência”.

Os utilizadores – que dispõem de uma versão em espanhol – têm também a possibilidade de ver 26 vídeos de testemunhos de pessoas que deixaram a Igreja e que começaram o seu caminho de volta. As histórias representam os motivos comuns que levam os católicos a abandonar a sua primitiva comunidade de fé e as circunstâncias em que se deu o chamamento de Deus que as fez regressar.

Questionado sobre a altura em que os comerciais serão difundidos, Peterson respondeu: “Em programas das televisões principais, como o “American Idol” (o equivalente aos “Ídolos”), no telejornal da noite e mesmo no Super Bowl (final do campeonato de futebol americano). Se nós o conseguirmos, imagine como a nossa cultura pode mudar para melhor e como Deus será glorificado”.

“Bem-vindo a casa”.

 

Veja agora os vídeos "Epic" e Movie"

 

 

 

Conheça o «site» Catholics Come Home.

CNA | SNPC

© SNPC | 10.04.2008

 

 

Topo | Voltar | Enviar | Imprimir

 

 

barra rodapé

S. Pedro
Edição mais recente do ObservatórioOutras edições do Observatório
Edição recente do Prémio de Cultura Padre Manuel AntunesOutras edições do Prémio de Cultura Padre Manuel Antunes
Quem somos
Página de entrada