Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

IndieLisboa

Igreja Católica vê os filmes que concorrem ao prémio Árvore da Vida

A Igreja Católica começa hoje a ver os filmes do IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente que concorrem ao Prémio Árvore da Vida, no valor de dois mil euros, atribuídos pelos Secretariados Nacionais da Pastoral da Cultura e Comunicações Sociais.

Apresentamos os títulos e sinopses oficiais das 25 curtas e cinco filmes inscritos na Competição Nacional que até quarta-feira vão ser avaliados pelo júri composto por Inês Gil, Margarida Ataíde e Rui Jorge Martins.

A decisão sobre o filme vencedor é tomada na sexta-feira e a 5 de maio, sábado, realiza-se a cerimónia de encerramento, na Culturgest, onde vai ser entregue o prémio Árvore da Vida, juntamente com os restantes galardões do festival.

 

27 de abril

19h15, Culturgest

O Cágado

Foto
Animação; Portugal, Reino Unido; 2012; 10'
Realização: Luís da Matta Almeida, Pedro Lino
Argumento: Almada Negreiros
Música: Daniel Pemberton
Som: John Kassab
Montagem: Pedro Lino
Produtor: Luís da Matta Almeida, Pedro Lino
Produção: Zeppelin Filmes, Sparkle Animation

Sinopse: Por vezes debaixo do nariz de um Homem estão coisas que só o próprio Homem não vê. Um cágado que não sai do mesmo sítio revela a teimosia de um homem que vai até ao outro lado do mundo para o encontrar. Uma animação com cor e diferentes escalas, baseada num conto de Almada Negreiros. (Carlos Ramos)

 

La Chambre Jaune

Foto

Ficção; Portugal; 2012, 28'
Realização: André Godinho
Argumento: André Godinho, José Maria Vieira Mendes
Fotografia: André Godinho, Pedro Pinho
Som: Gonçalo Alegria, Six
Montagem: André Godinho, Renata Sancho
Com: Óscar Silva, Paula Garcia, Randolph Albright, Soraia Chaves
Produtor: Joana Gusmão, João Matos
Produção: Terratreme Filmes, João Matos, Joana Gusmão

Sinopse: Filme de citações artísticas corrompe o sistema mal comportando-se. O cineasta parte da premissa de Bresson de que um filme se deve construir sobre o branco e muda-a para amarelo. Assistimos à preparação de um filme, passando por todas as etapas até à sala de exibição. Com este filme, Godinho afirma-se no panorama nacional. (Miguel Valverde)

 

Mupepy Munatim

Foto

Ficção; Portugal; 2012; 18’
Realização: Pedro Peralta
Argumento: Pedro Peralta
Fotografia: Frederico Parreira
Música: Sebastião Tomás
Som: Ricardo Rodrigues
Montagem: Rui Tomás
Com: Isabel Martins Novo, Sebastião Tomás
Produtor: Joana Cunha, Pedro Peralta
Produção: Universidade Lusófona De Humanidades E Tecnologias

Sinopse: Quando descobre que a mãe morreu, um homem que tinha partido para França em busca de uma vida melhor regressa a Portugal. Seguimos as suas deambulações, os lugares que esqueceu. Sentimos o quão estranho se tornou aos olhos das outras pessoas. Há muito fora, ele não sabia que iria perder tudo e faz o luto à sua maneira. (Karim Shimsal)

 

Fado do Homem Crescido

Foto

Animação; Portugal; 2012; 7'
Realização: Pedro Brito
Argumento: João Paulo Cotrim
Música: João Lucas
Som: Paulo Curado
Montagem: Pedro Brito
Com: António Zambujo (Voz)
Produtor: Humberto Santana
Produção: Animanostra - Cinema, Audiovisual e Multimédia

Sinopse: Através da guitarra e voz de António Zambujo, um dos mais consagrados fadistas portugueses, ouvimos a melodia de um homem que se recusa crescer, preso às memórias de infância. Com um traço cuidado e curiosas metamorfoses que transportam a passagem do tempo, apetece-nos escutar/ver à exaustão esta emotiva despedida da infância. (Miguel Valverde)

 

O que arde cura

Foto

Ficção; Portugal; 2012; 26'
Realização: João Rui Guerra da Mata
Argumento: João Rui Guerra da Mata
Fotografia: Rui Poças
Som: Nuno Carvalho
Montagem: Mariana Gaivão
Com: João Pedro Rodrigues
Produtor: João Figueiras
Produção: Blackmaria, Produção Audiovisual

Sinopse: Nesta primeira obra de assinatura a solo, o realizador reflete as imagens do incêndio do Chiado no seu personagem, que deambula entristecido falando ao telefone. Enquanto o fogo consome os prédios, consolida-se a inevitável rutura amorosa. Um jogo de projeções cria uma atmosfera sobrerreal, reconstruindo-se, assim, uma bela parte do cinema português. (Miguel Valverde)

 

28 de abril

18h15, Culturgest

Do céu e da terra

Foto

Animação; Portugal; 2012; 14'
Realização: Isabel Aboim Inglez
Argumento: Possidónio Cachapa
Fotografia: Isabel Aboim Inglez
Música: Eduardo Raon, Joaquim De Brito
Som: Eduardo Raon, Nuno Amorim
Montagem: Isabel Aboim Inglez, Nuno Amorim
Com: Ana Brandão, Joaquim De Brito, Teresa Sobral (Vozes)
Produtor: Nuno Amorim
Produção: Animais, Avpl, Nuno Amorim

Sinopse: "Havia, no distante Paraguai, um homem jovem... que tinha no coração um prado vazio". Este é o mote para um filme musical em animação, onde a realizadora joga de forma exemplar com biombos, canhões e dinheiro, entre a narrativa e a abstração. Chagall, Picasso e Kandinski andam por aqui numa síntese que parecia impossível, num filme adaptado de uma obra de P. Cachapa. (Miguel Valverde)

 

Cerro negro

Foto

Ficção; Portugal; 2011; 22'
Realização: João Salaviza
Argumento: João Salaviza
Fotografia: Vasco Viana
Som: Nuno Carvalho, Raquel Jacinto
Montagem: Edgar Feldman, João Salaviza
Com: Allison Silva, Anajara Amarante, Iuri Jardim, Rosa Santos
Produtor: François d'Artemare, Maria João Mayer
Produção: Filmes Do Tejo Ii, Fundação Calouste Gulbenkian

Sinopse: Partindo de uma ideia de díptico, conta-se a história de Anajara e Allison, vista de dois prismas em continuidade. Se os turnos de trabalho de um dificultam a sua vida, o encerramento numa cadeia do outro determina o ciclo da separação. Salaviza, com a sua capacidade fora do comum para dirigir atores amadores, tem, neste filme, uma das suas obras mais precisas. (Miguel Valverde)

 

Cama de Gato

Foto

Ficção; Portugal; 2012; 57
Realização: Filipa Reis, João Miller Guerra
Argumento: Pedro Pinho
Fotografia: Vasco Viana
Som: João Gazua, Rúben Costa
Montagem: Filipa Reis, João Miller Guerra, Luísa Homem (Consultora)
Com: Joana Santos
Produtor: Filipa Reis
Produção: Vende-Se Filmes, Filipa Reis

Sinopse: Uma jovem mãe procura conciliar a adolescência com a memória viva do primeiro amor e do seu final não muito feliz. O bebé acompanha-a no carrinho quando vai ao café com as amigas ou tratar da manicura, enquanto troca confidências em frente à câmara. Com um tom documental, esta ficção transporta-nos para o seu universo infantil e cheio de esperança. (Ágata Pinho)

 

29 de abril

19h00, Culturgest

O Refugiado

Foto

Animação; Portugal; 2012; 12'
Realização: Rui Cardoso
Argumento: Humberto Santana
Música: Hélder Munhão
Som: Paulo Curado
Montagem: Rui Cardoso
Produtor: Humberto Santana
Produção: Animanostra - Cinema, Audiovisual e Multimédia

Sinopse: A atribulada fuga de um jovem africano da sua terra natal. A procura de um mundo melhor, onde a guerra não faça parte do dia a dia. Mesmo quando a vontade de um só homem é inabalável, aquilo que o rodeia pode pregar-lhe uma partida. Uma animação que nos deixa sem fôlego enquanto acompanhamos esta viagem amarga. (Carlos Ramos)

 

One Way or Another (Reflections of a Psykokiller)

Foto

Ficção; Coreia do Sul, Portugal; 2012; 14'
Realização: Edgar Pera
Argumento: Danwoo Jung (Diálogos/dialogues), Edgar Pera
Fotografia: Edgar Pera
Música: Edmundo Rivotti, Miguel Urbano
Som: Artur Cyaneto
Montagem: Denis Dâmaso, Edmundo Rivotti
Com: Danwoo Jung
Produtor: Edgar Pera
Produção: Edgar Pera

Sinopse: Um jovem coreano caminha pelas ruas de Busan, cheio de raiva e de vontade de matar. O seu discurso interior de ódio interminável parece dirigir-se a cada pessoa com quem se cruza nas ruas ou no metro. No entanto, uma vez que é constantemente confrontado com o seu próprio reflexo, começamos a duvidar do limite entre o ódio e o auto-ódio, entre a realidade e uma distorção fóbica de personalidade. (Karim Shimsal)

 

Barba

Foto

Ficção; Portugal; 2011; 22’
Realização: Paulo Abreu
Argumento: Paulo Abreu
Fotografia: Paulo Abreu
Música: Vitor Rua
Montagem: Paulo Abreu
Com: André Gil Mata, Frederico Lobo, Jorge Quintela, Pedro Bastos
Produtor: Rodrigo Areias
Produção: Bando à Parte

Sinopse: Um chico-esperto, um sonhador, um simplório e um preguiçoso vivem em comunidade numa era pré-civilizacional. Através de uma visão precisa de cinema, o realizador mostra com pessimismo e humor que o homem é um ser que permanece igual a si próprio, independentemente das mudanças que origina no mundo. E tem um final em grande estilo. (Miguel Valverde)

 

Encounters With Landscape (3X)

Foto

Documentário; Portugal; 2012; 26'
Realização: Salomé Lamas
Argumento: Salomé Lamas
Fotografia: Frederico Lobo, Luísa Homem
Som: Salomé Lamas
Montagem: Salomé Lamas
Com: Salomé Lamas
Produtor: Salomé Lamas
Produção: Salomé Lamas

Sinopse: Três quadros estranhos e insólitos protagonizados pela realizadora que literalmente testa os seus limites nestes encontros com a paisagem de São Miguel, nos Açores. A força que emana da paisagem filmada é tão sedutora quanto a forma arriscada do encontro entre imagem e som. Filme-limite para uma artista portuguesa inventiva. (Miguel Valverde)

 

Kali, o pequeno vampiro

Foto

Animação; Canadá, França, Portugal, Suíça; 2012; 9';
Realização: Regina Pessoa
Argumento: Regina Pessoa
Música: The Young Gods
Som: Olivier Calvert
Montagem: Abi Feijó
Com: Christopher Plummer (voz), Fernando Lopes (voz)
Produtor: Abi Feijó, Georges Schwizgebel, René Chénier, Julie Roy,  Pascal Le Nôtre
Produção: Ciclope Filmes, Folimage, Nfbc, Studio Gds

Sinopse: Kali é a história de um rapaz que sonha com um lugar ao sol mas é na sombra que encontra a luz que procura. É o último capítulo de uma trilogia e o resultado de uma reflexão sobre os temas e as estéticas que me têm inspirado: a infância e os seus os medos, a diferença, a solidão, a luz e a sombra. No fundo, é a reconciliação com a infância, o aceitar ser adulto, deixar de fugir dos medos e conseguir vê-los de outro angulo. (Regina Pessoa)

 

Julian

Foto

Documentário experimental; Portugal, Reino Unido; 2012; 7'
Realização: António da Silva
Argumento: António Da Silva, Julian
Fotografia: António Da Silva
Música: Ebe Oke
Som: António Da Silva
Montagem: António Da Silva
Com: Julian, Júlio, Rodrigo Penalosa (voz off/voice over)
Produtor: António Da Silva
Produção: António Da Silva

Sinopse: Cruzamento entre uma road-trip em Portugal e uma história de amor de verão. É a junção de uma linha narrativa poética com elementos factuais e pessoais. Julian é aqui representado como o "bom selvagem" de Rousseau em que a natureza é o seu ambiente natural. Julian é como Adão, a personificação de vários mitos criados pela espécie humana. (António da Silva)

 

21h30, Culturgest

Em Segunda Mão

Foto

Ficção; Portugal; 2012; 114'
Realização: Catarina Ruivo
Argumento: António Pedro Figueiredo, Catarina Ruivo
Fotografia: João Ribeiro
Som: António Pedro Figueiredo
Montagem: Catarina Ruivo
Com: António Pedro Figueiredo, Diana Costa e Silva, Joana de Verona, João Grosso, Luís Lucas, Luís Miguel Cintra, Marcello Urgeghe, Pedro Hestnes, Ricardo Aibéo, Rita Durão, Vasco Apolinário
Produtor: Fernando Vendrell
Produção: David & Golias

Sinopse: Jorge é um escritor solitário de ficção popular. À noite, ele olha através de janelas iluminadas para dentro das casas das pessoas e pensa, sim, eles são felizes. Um dia, o acaso - conclui - leva-o à casa onde Laura vive com o filho, André, e através das grandes janelas, Jorge descobre a imagem de uma vida perfeita. Mas as vidas perfeitas só o são quando as vemos de fora. Se olharmos de perto, nada é o que parece: o marido anterior de Laura desapareceu misteriosamente e a serenidade dela é perturbada por telefonemas estranhos. Isso não assusta Jorge. Ele quer protegê-la. Ele inventa o homem perfeito para Laura, um homem para ela amar, e assim entra nesse mundo maravilhoso que pensa que conhece.

 

30 de abril

19h00, Culturgest

Luz da manhã

Foto

Ficção; Portugal; 2012; 18'
Realização: Cláudia Varejão
Argumento: Cláudia Varejão, Joana Cunha Ferreira
Fotografia: Rui Xavier
Som: Olivier Blanc
Montagem: Cláudia Varejão, Mariana Gaivão
Com: Beatriz Batarda, Elisa Lisboa, Matilde Colaço
Produtor: Maria João Mayer
Produção: Filmes do Tejo II

Sinopse: “Luz da Manhã” fecha um círculo de três curtas metragens de Cláudia Varejão sobre o (des)encontro em família. Onde nem sempre os caminhos coincidem e as ruturas inesperadas não são necessariamente resultado de uma falha. O quotidiano oculta forças maiores e silenciosas. E o seu entendimento apresenta-se muitas vezes como uma tarefa demasiado violenta ou até, inútil. Seja qual fôr o olhar que se permite viver, a transcendência das relações humanas estará sempre lá, frontal, inabalável e bruta. Luz da Manhã aproxima-se da distância entre três gerações, mãe, filha e neta. Num denso rio que as une, sem motivo aparente para além da exaustão, uma fenda emerge. (Cláudia Varejão)

 

Antero

Foto

Documentário; Portugal; 2011; 18'
Realização: José Alberto Pinto
Fotografia: José Alberto Pinto
Som: José Alberto Pinto
Montagem: José Alberto Pinto
Com: Antero
Produtor: José Alberto Pinto
Produção: José Alberto Pinto

Sinopese: Um filme no domínio do pagão e do popular. Um documentário com várias camadas do Portugal rural sobre um homem chamado Antero. Antero é perverso. Antero recita rimas, quadras e ditos populares. Antero ri-se. Antero recolhe objetos perdidos e ajeita tudo o que lhe aparece à mão. Como disse Joseph Beuys, cada homem um artista. (Carlos Ramos)

 

Palácios de Pena

Foto

Ficção; Portugal; 2011; 55'
Realização: Daniel Schmidt, Gabriel Abrantes
Argumento: Daniel Schmidt, Gabriel Abrantes
Fotografia: Eberhard Schedl, Natxo Checa
Som: Daniel Schmidt, Gabriel Abrantes
Montagem: Daniel Schmidt, Gabriel Abrantes
Com: Alcina Abrantes, Ana Rita Franco, Andreia Martins, Bernarda dos Bois, Catarina Gaspar, Daniel Schmidt, Feodor Unilici, Gabriel Abrantes, Judite Maria, Luíz Silva, Mariana Roberto, Marta Grilo, Marta Lopes, Marta Monteiro, Marta Vaz do Carmo, Núria Coelho, Teresa Castro, Thiago Dantas, Viktor Honchar, Yuri Ceban
Produtor: Gabriel Abrantes, Marta Furtado, Natxo Checa, Zé dos Bois
Produção: A Mutual Respect

Sinopse: Assombradas pelas suas próprias vidas sem rumo, duas raparigas pré-adolescentes reencontram-se quando estão de visita à avó doente. No meio das suas fantasias com um passado medieval -  consumido pelo medo e pelo desejo - as duas raparigas sofrem uma transformação e enfrentam um legado de opressão. "O amor é, finalmente, um cruzamento de pernas, uma união de barrigas, um breve tremor de artérias, uma confusão de bocas, uma batalha de veias, um enrolar de coxas, quem disser o contrário é uma besta." Gregório de Mattos (séc. XVII) (Gabriel Abrantes, Daniel Schmidt)

 

1 de maio

14h30, Culturgest

Por aqui tudo bem

Foto

Ficção; Portugal; 2011; 94'
Realização: Pocas Pascoal
Argumento: Marc Pernet, Pocas Pascoal
Fotografia: Octávio Espírito Santo
Som: Paulo Cerveira
Montagem: Pascale Chavance
Com: Cheila Lima, Ciomara Morais, Vera Cruz, Willion Brandão
Produtor: Luís Correia
Produção: LX Filmes

Sinopse: No final do verão de 1980, Alda e a sua irmã Maria, com a idade de 16 e 17 anos, chegam a Lisboa para escapar da guerra civil em Angola. Entregues a si próprias, elas vão ter que aprender a sobreviver numa cidade estrangeira. Alda e Maria vão construir uma nova vida do zero e tornar-se mulheres. Quando os problemas se tornam quase insuportáveis, chega-lhes uma notícia terrível. Paradoxalmente, é esse susto que lhes vai dar a força para decidir o seu destino. (Pocas Pascoal)

 

18h00, Culturgest

Noite

Foto

Ficção; Portugal; 2012; 13'
Realização: Flávio Pires
Argumento: Flávio Pires
Fotografia: Tiago Carvalho
Música: David Arantes
Som: Nuno Cruz
Montagem: Flávio Pires, Tiago Carvalho
Com: Arlete De Sousa, Flávio Pires
Produtor: Maria João Almeida
Produção: Best Take

Sinopse: Uma banda de heavy metal toca num palco meio perdido na escuridão e o som poderoso da guitarra atravessa uma cortina de fumo. Mas a noite tem muitos palcos e quando o concerto acaba, um dos elementos regressa a casa sozinho, em silêncio. À sua espera está um apartamento quase vazio e uma avó a precisar de companhia. (Ágata Pinho)

 

Outras cartas ou o amor inventado

Foto

Documentário; Portugal; 2012; 52'
Realização: Leonor Noivo
Argumento: Leonor Noivo
Fotografia: Leonor Noivo
Música: Antoniopedro
Som: Joana Pinho Neves
Montagem: João Braz, João Dias, Karen Akerman
Produtor: Christine Reeh, Isabel Machado, Joana Ferreira
Produção: C.R.I.M. Produções Audiovisuais

Sinopse: De uma circunstância ou curiosidade começou a minha pesquisa. Um processo ou um estudo para encontrar a intangibilidade de um objeto que está sempre em movimento, que nunca se detém, em nenhuma vida, em nenhuma época. Não podemos falar sobre ele, apenas sobre o que ele faz. Sobre os seus efeitos (...). (Leonor Noivo)

 

Raul Brandão era um grande escritor...

Foto

Documentário; Portugal; 2012; 33'
Realização: João Canijo
Argumento: João Canijo
Fotografia: Mário Castanheira
Som: Carlos Conceição
Montagem: João Braz
Com: Nuno Lopes (Narrador)
Produtor: Pedro Borges
Produção: Midas Filmes para Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura

Sinopse: Este filme é uma tentativa para descobrir se Raul Brandão deixou algum rasto, em Nespereira (Guimarães), a terra que adotou como sua. Resistiu Raul Brandão ao modo português da não-inscrição? Deixou ele algum rasto no branco histórico e psíquico construído pelos portugueses, em que usualmente nada deixa rasto?

 

21h45, São Jorge

A casa

Foto

Documentário; Portugal; 2012; 70'
Realização: Júlio Alves
Argumento: Júlio Alves
Fotografia: Ricardo Costa
Música: Rui Cunha
Som: Tiago Matos
Montagem: Tomás Baltazar
Produtor: Pandora da Cunha Telles
Produção: Ukbar Filmes, Midnight Express

Sinopse: António, Zé Maria e João vivem na Casa à medida que a constroem. Durante dois anos eles reiniciaram processos vezes e vezes sem conta, de acordo com as suas funções na Casa. As transformações de cada divisão obrigam a constantes mudanças na sua organização. As salas para refeições, para vestir ou descontrair mudam, assim como os seus habitantes. O tempo passa. Os moradores entram e saem de cena. A câmara não os segue, permanece, focada no particular. A luz natural invade os espaços geométricos, intensificando-se à medida que o trabalho avança. O som ambiente também muda. Os silêncios predominam. Os contrastes são cada vez mais fortes. No final, vemos os homens que fazem o filme para alguns, o trabalho para outros, ou simplesmente uma casa.

 

3 de maio

16h30, Londres

Jesus por um dia

Foto

Documentário; Portugal; 2012; 70'
Realização: Helena Inverno, Verónica Castro
Argumento: Helena Inverno, Verónica Castro
Fotografia: Helena Inverno
Som: Catarina Botelho, Verónica Castro
Montagem: Helena Inverno, Verónica Castro
Produtor: Luis Urbano, Sandro Aguilar
Produção: O Som e a Fúria

Sinopse: Numa cadeia transmontana começam os preparativos para a encenação da Via Sacra e os prisioneiros, como se fossem alunos outra vez, reúnem-se na sala de aula e recebem instruções. O documentário acompanha-os desde os primeiros ensaios até ao dia da procissão, com uma visão detalhada do processo: a dramaturgia levada muito a sério, as feridas na imagem de Jesus pintadas ao pormenor, a construção das cruzes de madeira que constituem o quadro final do filme, os mais velhos que assistem e cantam sobre a vida e o tempo que não volta atrás. A realização recorre a planos sucintos, cheios de pequenos apontamentos - o poster de Jesus numa porta, qual celebridade que um deles vai encarnar. A quietude do campo e a vida pacífica da comunidade rural que com eles coexiste contrasta com a tensão latente, a incerteza do futuro e contribui para a nostalgia da tradição. (Ágata Pinho)

 

21h45, Londres

From New York with love

Foto

Documentário; EUA, Portugal; 2012; 70'
Realização: André Valentim Almeida
Argumento: André Valentim Almeida
Fotografia: André Valentim Almeida
Som: André Valentim Almeida
Montagem: André Valentim Almeida
Produtor: André Valentim Almeida
Produção: André Valentim Almeida

Sinopse: Vagueando por imagens em movimento captadas com uma câmara de turista justapostas a clássicos do Cinema, From New York with Love é um ensaio sobre a crescente relação de um estrangeiro com o país que o acolhe. (André Valentim Almeida)

 

© SNPC | Atualizado em 30.04.12 (alteração de datas, segundo dados indicados pela organização)

Redes sociais, e-mail, imprimir

Imagem

 

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Subscreva

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página

 

 

 

2011: Eurico Carrapatoso. Conheça os distinguidos das edições anteriores.
Leia a última edição do Observatório da Cultura e os números anteriores.