Breves
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Encontro de culturas

Museu do Oriente propõe curso sobre arquitetura, religião e política na Índia católica

O Museu do Oriente, em Lisboa, inicia a 22 de janeiro o curso “Arquitetura, religião e política na Índia Católica (1500-1900), revela o site da instituição.

As sessões, orientadas por Paulo Varela Gomes, realizam-se a 22 e 29 de janeiro, 12, 19 e 26 de fevereiro, e ainda 5 de março, entre as 10h00 e as 19h00.

«Entre igrejas, conventos e casas paroquiais, a arquitetura erguida em solo indiano pelos católicos europeus e, depois, pelos próprios católicos indianos, apresenta grande variedade de soluções dependendo da ordem religiosa ou do género de paróquia que encomendou cada obra, da região onde foi erguida e das circunstâncias políticas e sociais que rodearam o projeto e a construção.

À variedade que caracteriza a arquitetura religiosa, da qual sobressaem os focos de Goa e de Querala, soma-se a extraordinária inventividade da arquitetura doméstica católica, sobretudo em Goa a partir do final do século XVIII.

Este curso propõe-se apresentar um panorama abreviado da evolução da arquitetura dos católicos indianos entre o século XVI e o século XX e discutir algumas das muitas questões arquitetónicas, políticas e sociais que essa arquitetura levanta. Tem importância crucial nestas questões o confronto entre o Padroado Português do Oriente e a agência papal da Propaganda Fide.»

A inscrição para cada um dos 50 participantes (número mínimo) custa 75 €.

 

Programa

1. A conversão e as primeiras igrejas e outros edifícios religiosos em Cochim, em Goa, na Província do Norte: 1500-1550. A grande arquitetura religiosa: igrejas e conventos de Velha Goa e Baçaim, 1550-1630.
2. A arquitetura jesuíta na Índia católica: Goa, a Província do Norte, Querala.
3. A viragem de 1650 na arquitetura religiosa de Velha Goa e as suas consequências.
4. A decadência da velha cidade e o aparecimento de uma arquitetura religiosa especificamente goesa no início do século XVIII. A questão do Padroado e da Propaganda Fide no quadro da mudança do quadro politico e territorial no Decão. O fim da Província do Norte.
5. Arquitetura católica na Índia nos séculos XIX e XX: entre o Padroado e a Propaganda, entre a tradição e a renovação.
6. As casas católicas rurais e urbanas em Goa e na antiga Província do Norte no século XIX: questões arquitetónicas e sociais.

 

© SNPC | 17.01.11

Imagem

 

 

Artigos relacionados

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página