Breves
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Bragança-Miranda

P. José Tolentino Mendonça abre ano letivo do Instituto Diocesano de Estudos Pastorais

“Haverá uma beleza que nos salve?” é o título da oração de sapiência que o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, padre José Tolentino Mendonça, profere esta segunda-feira em Bragança.

A lição ocorre durante a sessão solene de abertura do primeiro ano letivo do Instituto Diocesano de Estudos Pastorais, marcada para as 21h00 no auditório Paulo Quintela, revela o semanário Mensageiro de Bragança.

O programa prevê a intervenção de D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda, o mais novo em idade do episcopado português (45 anos), que no dia seguinte, 2 de outubro, assinala o primeiro aniversário à frente da diocese.

Em agosto o padre Tolentino Mendonça escreveu um poema inédito para a escultura “Pietà”, de José Rodrigues, que foi benzida na catedral de Bragança pelo cardeal José Saraiva Martins.

O Instituto Diocesano de Estudos Pastorais é uma escola teológica criada com o objetivo de contribuir para a formação permanente de padres, diáconos, leigos, candidatos ao diaconado permanente e seminaristas, bem como leigos que trabalhem como agentes pastorais e professores de pastorais de Educação Moral e Religiosa Católica.

 

Rui Jorge Martins
© SNPC | 28.09.12

Redes sociais, e-mail, imprimir

FotoCelebração da ordenação
episcopal de D. José Cordeiro
Bragança, 2.10.2011

 

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página