Breves
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Vaticano

Papa Francisco confirma cardeal D. José Policarpo na Congregação para a Educação Católica

O papa Francisco confirmou este sábado o cardeal D. José Policarpo, patriarca emérito de Lisboa, como membro da Congregação para a Educação Católica, um dos dicastérios (departamentos) da Santa Sé.

Segundo a Sala de Imprensa da Santa Sé, o papa também confirmou na função de prefeito daquele organismo o cardeal polaco Zenon Grocholewski, tendo nomeado 11 novos membros de quatro continentes, entre os quais o cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo de S. Paulo.

Béchara Boutros Raï, patriarca de Antioquia dos Maronitas, John Njue, arcebispo de Nairobi, Timothy Dolan, arcebispo de Nova Iorque, John Tong Hon, bispo de Hong Kong, Luis Tagle, arcebispo de Manila, Ricardo Andrello, arcebispo de Santiago do Chile, e Marek Jedraszewski, arcebispo de Lodz, são alguns dos novos membros.

Foram confirmados nos seus cargos os cardeais Gianfranco Ravasi, presidente do Pontifício Conselho da Cultura, Antonio María Rouco Varela, Christoph Schönborn, Óscar Rodríguez Maradiaga, Peter Turkson, Péter Erdő, Marc Ouellet, Laurent Pasinya, Reinhard Marx, Leonardo Sandri, Fernando Filoni e João Braz de Aviz, entre outros.

A Congregação para a Educação Católica tem autoridade sobre os seminários (exceto o que estão sob a jurisdição das congregações para a Evangelização dos Povos e para as Igrejas Orientais) e casas de formação de religiosos e institutos seculares.

O dicastério supervisiona igualmente as universidades, faculdades, institutos e escolas de estudos superiores eclesiásticos e civis que dependem de eclesiásticos, bem como todas as escolas e instituições educativas que dependem de autoridades eclesiásticas.

D. José da Cruz Policarpo, de 77 anos, nasceu a 26 de fevereiro de 1936 em Alvorninha. Foi ordenado padre a 15 de agosto de 1961, há 52 anos. A 24 de março de 1998 sucedeu a D: António Ribeiro como patriarca de Lisboa, e a 21 de fevereiro de 2001 foi criado cardeal pelo papa João Paulo II.

Pediu a resignação aos 75 anos, limite de idade consignado no Código de Direito Canónico, que lhe foi concedida dois anos depois, em maio de 2013. Sucedeu-lhe D. Manuel Clemente, prelado que também o substituiu na presidência da Conferência Episcopal Portuguesa.

 

Rui Jorge Martins
© SNPC | 30.11.13

Redes sociais, e-mail, imprimir

FotoD. José Policarpo

 

Ligações e contactos

 

Artigos relacionados

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página