Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Paróquia revela projeto de duplo painel em mosaico de pedra criado por Ilda David

Imagem D.R.

Paróquia revela projeto de duplo painel em mosaico de pedra criado por Ilda David

A paróquia de S. Tomás de Aquino, em Lisboa, revela este sábado e domingo o projeto de realização de dois painéis compostos por 200 mil mosaicos de pedra, concebidos pela pintora Ilda David, a colocar nas paredes que ladeiam o altar.

«O painel do lado esquerdo, denominado "Rumor de Deus", apresentará a figura de São Tomás de Aquino com um livro aberto, assistido por um anjo e, em cima, a "Escada de Jacob"», explica o desdobrável do projeto.

No lado direito, o painel intitulado "Fé e Caridade", com representações de três obras de misericórdia, evoca São Vicente de Paulo, inspirador dos Padres Vicentinos, congregação a que pertence o pároco, P. Nélio Pita.

«A igreja, como espaço físico, é chamada a ser um sinal da beleza de Cristo. Em cada uma somos interpelados a assumir uma atitude de contemplação diante do mistério de Deus visivelmente representado. Ainda recentemente o Papa referiu-se à «via da beleza» como uma via privilegiada para falar de Deus (EG, 167). Não devemos manter esta tradição?», questiona o religioso.

O texto de enquadramento, a distribuir à comunidade e a todos os interessados, lembra os múltiplos simbolismos da pedra no Antigo e Novo Testamento, concentrando-se em Jesus Cristo, que se apresenta  como «pedra angular de um novo edifício».

É o mesmo Jesus que confere novos horizontes ao simbolismo quando atribui a Simão «o nome de Pedro, a Pedra sobre a qual se ergue a nova comunidade, a Igreja formada por uma quantidade infinita de pedras vivas», ou seja, todos os batizados».

À margem do desdobrável, o P. Nélio Pita salienta que «não se pretendem efetuar alterações substanciais» no edifício consagrado em 1996, que continua em fase de conclusão, mas «dar cumprimento ao que já constava na génese do projeto: o revestimento das paredes do presbitério com painéis de indubitável qualidade, suficientemente sugestivos para inspirar o crente na sua procura de Deus».

O religioso cita a "Evangelii gaudium" ("O Evangelho da alegria"), primeira exortação apostólica do papa Francisco, que «menciona a pertinência da "via da beleza" como via privilegiada para falar de Deus».

«É preciso ter a coragem de encontrar os novos sinais, os novos símbolos, uma nova carne para a transmissão da Palavra, as diversas formas de beleza que se manifestam em diferentes âmbitos culturais, incluindo aquelas modalidades não convencionais de beleza que podem ser pouco significativas para os evangelizadores, mas tornaram-se particularmente atraentes para os outros», lê-se no texto (n. 167).

Referindo-se à escolha dos santos representados nos painéis, o pároco refere que Tomás de Aquino, orago da Igreja, «é um dos maiores expoentes do pensamento ocidental e o representante insigne da teologia escolástica».

Vicente, por seu lado, é o «patrono de todas as obras de caridade da Igreja Católica, é o fundador da Congregação da Missão, Sociedade de Vida Apostólica que não só albergou nas suas estruturas, durante décadas, mas também animou a comunidade que hoje é a Paróquia de S. Tomás de Aquino».

O P. Nélio Pita sustenta que Ilda David «reúne as qualidades para concretizar uma obra capaz não apenas de dignificar o espaço» mas também de «estimular à comunhão com Deus».

«A coragem, a sabedoria, a sensibilidade, a visão são atributos reconhecidos na artista que reúne um apreciável conjunto de obras, inclusive em espaços sagrados de relevância do nosso país, como recentemente aquele que inaugurou na Catedral de Bragança», recorda o pároco.

Para financiar o projeto, a paróquia lança até julho de 2016 a campanha "A tua pedra", que além de contribuir para os painéis, subsidia programas de cariz social da comunidade.

As pessoas interessadas em participar poderão inscrever o seu nome, ou de um familiar ou amigo, numa ou num conjunto das 200 mil pequenas pedras de cores e tamanhos variados (1 euro por unidade) que vão compor os painéis, sendo também possível integrar a iniciativa sem nada escrever.

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 05.12.2015

 

 

 
Imagem D.R.
«É preciso ter a coragem de encontrar os novos sinais, os novos símbolos, uma nova carne para a transmissão da Palavra, as diversas formas de beleza que se manifestam em diferentes âmbitos culturais, incluindo aquelas modalidades não convencionais de beleza que podem ser pouco significativas para os evangelizadores, mas tornaram-se particularmente atraentes para os outros»
«A coragem, a sabedoria, a sensibilidade, a visão são atributos reconhecidos na artista que reúne um apreciável conjunto de obras, inclusive em espaços sagrados de relevância do nosso país, como recentemente aquele que inaugurou na Catedral de Bragança»
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos