Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosLigaçõesBrevesAgenda Arquivo

Fé e cultura

Encontro inaugural do "Pátio dos Gentios" apresenta-se em site próprio

Os detalhes da abertura do “Pátio dos Gentios”, nova estrutura do Vaticano para o diálogo com os não crentes, cujo encontro inaugural decorre em Paris esta quinta e sexta-feira (24 e 25 de Março), estão disponíveis para consulta num site dedicado ao evento.

A página, em francês, explica o enquadramento do evento organizado pelo Conselho Pontifício da Cultura e pelo Instituto Católico de Paris, apresenta o seu programa, oferece a biografia dos 28 conferencistas e expõe os objetivos dos colóquios que vão decorrer em espaços civis e eclesiais da capital francesa.

Para preparar os dois dias de «intercâmbios e diálogos», os organizadores pediram a várias pessoas para partilhar por escrito as suas “interrogações” e pontos de vista acerca do encontro.

Os textos, que podem ser lidos na página, detêm-se igualmente nas «questões radicais que tocam as grandes interrogações em torno da vida e da morte, a verdade e a mentira, o amor e a dor, o bem e o mal, a liberdade e a solidariedade, a palavra e o silêncio».

O site, que inclui ligações às redes sociais Facebook e Twitter, apresenta também uma secção reservada às notícias e vídeos relacionados com o evento, que tem registado atualizações quase todos os dias.

O programa do encontro inclui três colóquios sobre ‘Iluminismo, religiões e razão comum’, além de uma festa para os jovens, na catedral de Notre Dame, durante a qual se fará uma ligação em direto ao Vaticano para que o Papa Bento XVI aponte o «significado e os objetivos» da iniciativa.

«Crentes e não crentes estão em territórios diferentes, mas não se devem encerrar num isolamento sacro ou laico, ignorando-se ou, pior, lançando troças e acusações recíprocas, como desejariam os fundamentalistas de uma e outra parte», afirmou sexta-feira o presidente do Conselho Pontifício da Cultura, o cardeal italiano Gianfranco Ravasi.

O nome “Pátio dos Gentios” (Il Cortile dei gentili) evoca o espaço homónimo que, no antigo templo de Jerusalém, hospedava os não judeus.

Imagem

 

Rui Martins
In Agência Ecclesia
24.03.11

Foto
Unesco, Paris
Foto: Unesco/Niamh Burke















Foto
Universidade da Sorbonne

 

 

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Subscreva

 


 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página