Breves
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Formação

Vida e morte - O horizonte da esperança cristã na obra de Hans Urs von Balthasar

O Centro de Estudos Religiões e Cultura da Universidade Católica Portuguesa vai realizar as 4.ªs Jornadas dedicadas ao teólogo suíço Hans Urs von Balthasar (1905-1988).

A iniciativa, que decorre em Lisboa a 13 e 14 de janeiro, é dedicada ao tema “Vida e morte – O horizonte da esperança cristã” na obra de um dos «maiores» pensadores do século XX, refere uma nota enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

O encontro, a realizar na sede da Universidade Católica, inicia-se com o lançamento da edição portuguesa do volume “Inferno ou Paraíso. O que podemos esperar?”, de Balthasar.

O bispo auxiliar de Lisboa D. Nuno Brás, os padres João Lourenço, diretor da Faculdade de Teologia, Jacinto Farias, Robson Cruz e António Martins, bem como Maria Manuela Carvalho, especialista no pensamento do teólogo helvético, e Américo Pereira, todos docentes da instituição, são alguns dos oradores.

Durante as jornadas vai estar patente uma exposição de pintura e iconografia cristã alusiva ao “Juízo Final”, que complementa a conferência sobre o mesmo tema a proferir pelo cónego João Marcos.

 

Programa

Dia 13
17h00
Abertura (João Lourenço)

Lançamento de livro "Inferno ou Paraíso. O que podemos esperar?" (Maria Manuela Dias de Carvalho)

Capa

18h00
Possibilidade e Realidade (Américo Pereira)
Consciência da condição de mortalidade e abertura ao novo acto criador de Deus no Antigo Testamento (Robson Matos Cruz)
Figurações escatológicas: da cultura bíblica à religiosiade popular (João Lourenço)
«Aguardando a bem-aventurada esperança» (Tt 2,13)
Esperança e escatologia nos Padres da Igreja (Isabel Maria Alçada Cardoso)

19h30
Intervalo

19h45
Tempo e Eternidade (D. Nuno Brás da Silva Martins)

20h00
Encerramento

Imagem

Dia 14

10h00
A capacidade significativa da morte (José Jacinto Ferreira de Farias)
Liberdade finita do homem e infinita de Deus (António Martins)
O Juízo na iconografia cristã (João Marcos)

10h45
Intervalo

11h15
Saber e esperar (Sónia Rodrigues)
O meu juíz é o Senhor (Maria Manuela Dias de Carvalho)

12h15
Debate e encerramento

 

Imagem

 

 

© SNPC | 02.01.12

Imagem

 

Ligações e contactos

 

Artigos relacionados

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página