Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Religião e Portugal: D. Manuel Clemente e António Barreto encerra primeiro ciclo "Palavras no Tempo"

Imagem Teatro Rivoli, Porto | D.R.

Religião e Portugal: D. Manuel Clemente e António Barreto encerra primeiro ciclo "Palavras no tempo"

O primeiro ciclo de debates "Palavras no tempo" vai concluir-se na próxima sexta-feira, no Porto, com as intervenções do cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, e do sociólogo António Barreto, sobre o tema "Religião e Portugal".

A sessão realiza-se no Teatro Rivoli (Auditório Manoel de Oliveira) às 21h15, com entrada livre e gratuita, sujeita a levantamento de bilhete (dois por pessoa), até ao limite da lotação da sala, ou, em caso de grupos, através de pedido por correio eletrónico (cf. contacto no fim deste texto).

Associado ao ciclo realiza-se na próxima terça-feira, às 10h30, o encontro "Educação, Ciência e Religião", na Escola Secundária Clara de Resende, igualmente na Cidade Invicta, para alunos do ensino secundário.

Na mesma data, 15 de dezembro, decorre na Escola Secundária de Penafiel, pelas 17h00, uma formação para professores de todos os grupos disciplinares, intitulada “Religião, Ciência e Cultura”.

O evento com D. Manuel Clemente e António Barreto «encerra um ciclo de 13 sessões, que decorreram ao longo de ano e meio, percorrendo várias cidades de Portugal. No seu todo, terão assistido aos debates em espaços públicos cerca de 2000 pessoas. Em paralelo, nas escolas secundárias, terão estado mais de 3000 estudantes do ensino secundário», explica João Paiva, coordenador da iniciativa, em nota enviada hoje ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

«O projeto "Palavras no Tempo" recria estilos de comunicação e diálogo de outros tempos, contextualizados à nossa realidade, carente ainda de efetiva reflexão e debate, apesar do ruído dos "media"», sublinha o professor do Departamento de Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

O projeto, prossegue João Paiva, «tem a sua génese na obra “Educação, Ciência e Religião”, na sequência da qual se promoveram inúmeras sessões e debates que redundaram numa parceria entre a Universidade do Porto, a Universidade Católica e o Centro Nacional de Cultura, que patrocinam a ideia».

O ciclo compreendeu a realização de conferências-debates, «focadas regionalmente, com o apoio das respetivas câmaras municipais, das universidades, das escolas e de outras instituições de cada região».

“Educação, Ciência e Religião”, “Razões de (des)crença”,“Workshops sobre cultura científica e religião”, “Religião e Política”, “Religião e Economia”, “Religião e Literatura”, “Religião e os Astros”e “Religião e Neurociências” foram alguns dos assuntos abordados com conferencistas «de qualidade e prestígio nas várias áreas».

«Todos os temas são pretextos de conversa e cidadania, na base comum dos direitos humanos e do respeito pela diferença. O cerne deste projeto é dialogar, no eixo da crença e da não crença. Tomáš Halík diz bem que a crença e a não crença são dois olhares arriscados sobre o mesmo mistério e, quando nos abrimos, sentimo-nos muito mais próximos uns dos outros, sem rótulos, mais solidários e com mais futuro», frisa João Paiva.

A segunda fase do ciclo "Palavras no tempo" continuará em 2016 com eventos versando subtópicos de "religião e ciência": "religião e neurociências", "religião e bioética", "religião e história da ciência", "religião e ecologia", "religião e o corpo na iminência da morte" e "religião e o céu".

 

Rui Jorge Martins
Publicado em 13.12.2015

 

 

 
Imagem Teatro Rivoli, Porto | D.R.
Todos os temas são pretextos de conversa e cidadania, na base comum dos direitos humanos e do respeito pela diferença. O cerne deste projeto é dialogar, no eixo da crença e da não crença. Thomas Halik diz bem que a crença e a não crença são dois olhares arriscados sobre o mesmo mistério e, quando nos abrimos, sentimo-nos muito mais próximos uns dos outros
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Evangelho
Vídeos