Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Trazida ao espanto da luz: Centenário do nascimento de Sophia

A Cátedra Poesia e Transcendência | Sophia de Mello Breyner, em parceria com a Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (UCP) e o Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, organiza o I Colóquio Internacional TEOTOPIAS – Trazida ao espanto da luz, no âmbito das relações entre poesia e transcendência, e de um aprofundamento do diálogo entre estudos teológicos e literários.

O Colóquio terá lugar no Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, nos dias 8 e 9 de novembro de 2019, e dará particular atenção aos seguintes eixos temáticos: linguagem poética e linguagem teológica: continuidades e descontinuidades; linguagem poética e linguagem mística: inter[con]textualidades; linguagem poética e sagrado: aproximações estético-fenomenológicas. 

Evocar-se-á a memória de Sophia de Mello Breyner Andresen, no contexto do centenário do seu nascimento, não esquecendo outras importantes efemérides: o centenário do nascimento de Jorge de Sena, os 400 anos da morte de Frei Agostinho da Cruz e os vinte anos da morte de Daniel Faria.

Durante os dois dias do Colóquio, poder-se-ão escutar mais de vinte conferencistas: Ana Paixão, da Université Paris 8; Maria Clara Bingemer, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; José Carlos Seabra Pereira e Martinho Soares, da Universidade de Coimbra; Luís Adriano Carlos, da Universidade do Porto; Miguel García-Baró e Pedro Rodríguez Panizo, da Universidad Pontificia Comillas [Madrid]; Cecilia Avenatti de Palumbo, Ana Rodríguez Falcón, Mariano Carou e Silvia Campana, da Pontificia Universidad Católica Argentina [Buenos Aires]; e um grupo de professores/investigadores da Universidade Católica Portuguesa: Steffen Dix, Teresa Bartolomei, Alex Villas Boas, Henrique Manuel Pereira, Pedro Pereira, Hélder Moreira, Jorge Teixeira e Ruy Ventura. Os dois diretores da Cátedra evocarão, no fim de tarde de sábado, a memória de Sophia: Arnaldo de Pinho [2006-2013] e José Rui Teixeira [2013-].

O I Colóquio Internacional TEOTOPIAS – Trazida ao espanto da luz, encerrará com um recital, em que serão lidos poemas de Sophia, acompanhados por quatro peças de Bach executadas pela pianista Sofia Lourenço. Será apresentada a medalha comemorativa do centenário do nascimento de Sophia, “Trazida ao espanto da luz”, da autoria de Avelino Leite. As palavras de encerramento caberão à presidente do Centro Regional do Porto da UCP, Isabel Braga da Cruz, e ao vice-diretor da Cátedra de Sophia, José Pedro Angélico.

A entrada é livre.


Imagem D.R.

 

Imagem: D.R.
Publicado em 06.11.2019

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos