Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

VatiVision: Nova plataforma vai ter filmes, documentários e séries inspiradas na mensagem cristã

A partir da próxima segunda-feira, 8 de junho, vai estar disponível na internet a plataforma VatiVision, na qual será possível ver conteúdos de carácter cultural, artístico e religioso a pedido do utilizador (“on demand”), como filmes, documentários e séries de televisão, inspirados na mensagem cristã.

O projeto nasceu da união de duas empresas transalpinas: a Officina della Comunicazione, sociedade de produção cinematográfica, que colabora com os meios de comunicação da Santa Sé, e a Vetrya, que concebe serviços, plataformas e soluções digitais.

«É bonito que este projeto nasça de privados que compreenderam a importância de uma oferta de conteúdos de qualidade ligados à tradição e à cultura católica. O Vaticano olha favoravelmente para esta iniciativa, que não é institucional. Não é uma coisa do Vaticano ou da Igreja, mas de empreendedores privados», explicou o prefeito do Dicastério para a Comunicação da Santa Sé.

«Hoje, mais do que nunca, sentimos a necessidade de encontrar lugares onde encontrar e partilhar o bem, o belo. (…) Por isso, creio que projetos como o VatiVision são importantes. Porque oferecem uma plataforma de partilha a quem busca um sentido, uma perspetiva», acentuou.

O responsável enalteceu a possibilidade de a plataforma poder «ligar o passado, o presente e o futuro, e oferecer uma resposta às questões que, de alguma forma, todos temos», oferecendo uma sobrevida a produtos já exibidos e que foram esquecidos ou não encontram espaço na programação televisiva, apesar de continuarem a ser procurados e a ter relevância.



Os editores querem propor uma oferta que possibilite ao espetador aprofundar determinado tema, e vão apostar em títulos que acompanham as principais solenidades cristãs



Depois de se congratular com o facto de a plataforma distribuir produções realizadas em colaboração com os média da Santa Sé, Ruffini esclareceu que «o Vaticano não é nem o censor nem o detentor da linha editorial da VatiVision».

Depois de Itália, os responsáveis querem disponibilizar a plataforma nos EUA, México, Argentina, Brasil, Colômbia, Filipinas e Polónia, podendo, mais tarde, alargá-la a outros países, propondo um catálogo que não se distinguirá pela sobreabundância de títulos, mas pela qualidade.

O serviço poderá ser acedido através da ligação à página do projeto na internet, assim como com uma aplicação para “smartphones”, “tablets”, “smart-tv” e “set-top box”, respeitando os limites impostos por direitos de distribuição já eventualmente adquiridos.

Diferentemente de serviços de “streaming” de vídeo como a Netflix, Amazon Prime ou HBO Max, a VatiVision não exigirá um plano mensal de pagamentos; o utilizador paga de acordo com os programas que deseja ver.

No catálogo da VatiVision incluem-se produções sobre santuários, papas e figuras de destaque da Igreja, a par de documentários que apresentam e aprofundam tesouros artísticos ligados à Igreja.

Os editores querem propor uma oferta que possibilite ao espetador aprofundar determinado tema, e vão apostar em títulos que acompanham as principais solenidades cristãs e acontecimentos especiais, como jubileus e canonizações.

«Os destinatários não se distinguem entre crentes e não-crentes, mas, como dizia o cardeal Martini, entre pensantes e não pensantes», afirmou Elisabetta Sola, da Vetrya.


 

Rui Jorge Martins
Fonte: Vatican News
Imagem: D.R.
Publicado em 05.06.2020

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos