Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura - Logótipo
secretariado nacional da
pastoral da cultura

Oficina de Arte e Mística Cristã une espiritualidade e criação artística

A Pastoral da Cultura da diocese de Angra vai organizar, pelo segundo ano consecutivo, «uma Oficina de Arte e Mística Cristã, através da qual se descobre e vivencia a espiritualidade cristã através da criação artística».

Poesia, música, moda e design, dança, escultura, teatro, cinema e pintura mural serão propostos em “workshops” coordenados por diversos artistas, profissionais e amadores.

O evento, que decorre a 13 de janeiro na freguesia dos Fenais da Luz (Ouvidoria das Capelas, Ilha de São Miguel), com o apoio da autarquia local, é aberto a toda a população da ilha, explica o diretor da Equipa Diocesana da Pastoral da Cultura, P. Ricardo Tavares.

«As atividades intergeracionais, que não carecem de inscrição nem de material, são apropriadas para crianças, jovens e adultos, especialmente pais, avós, catequistas, líderes de grupos de jovens e outros agentes de pastoral», assinala o responsável.

O programa arranca às 11h30, e pelas 16h30 inicia-se a celebração da missa, «marcada pela expressão de todos os trabalhos realizados ao longo do dia», para a qual se convidam todos quantos, «interessados pela arte e pela sabedoria religiosa, se sentem atraídos pela figura de Jesus Cristo».

«As produções artísticas irão explorar a “teologia do corpo” humano na cultura bíblica, nomeadamente o ventre, as mãos, os olhos, os pés, os ouvidos e o coração. O objetivo último consiste em fazer, pela arte, a experiência da presença viva de Deus neste corpo de carne animada, que “sou eu próprio”», esclarece o sacerdote.



«O atual interesse pelo belo, inclusivamente no cristianismo, tem possibilitado um novo encantamento da existência, abrindo-a a uma cultura de solidariedade e conduzindo-a para além dela mesma: para o mistério divino»



O P. Ricardo Tavares está convicto de que «numa época em que se busca mais espiritualidade que religião, a arte manifesta-se como o caminho ideal para dar expressão à dimensão transcendente da vida humana, nomeadamente o mistério da vida e o mistério de Deus, revelado em Jesus Cristo».

«A arte, que abrange a inteligência e a afectividade, a razão e a emoção, constitui um meio privilegiado para uma Encarnação do Verbo no mundo contemporâneo, abrindo portas a uma civilização da verdade e do amor, um novo humanismo», e por isso «uma mística cristã formada pela arte pode esclarecer melhor o sentido e o valor da vida, alargar os horizontes da razão e fortalecer os fundamentos da moral humana».

Dado que «uma espiritualidade cristã marcada pela beleza tem um poder salvador que renova a vida humana através de uma nova criatividade», a atividade artística «permite uma melhor redescoberta da mensagem bíblica, possibilitando um acréscimo de alegria e beleza, liberdade e sentido, verdade e bondade», acentua o referente diocesano da Pastoral da Cultura.

«A arte tem o condão de, mediante a intuição e o diálogo, unificar o saber diversificado e fragmentado pela cultura recente. O atual interesse pelo belo, inclusivamente no cristianismo, tem possibilitado um novo encantamento da existência, abrindo-a a uma cultura de solidariedade e conduzindo-a para além dela mesma: para o mistério divino», acrescenta o P. Ricardo Tavares.

A Equipa Diocesana da Pastoral da Cultura também propõe modelos a imitar: depois de nos anos passados terem sido homenageados os padres Manuel Pimentel (Pastoral Social, 2017) e José Maria Almeida (Pastoral Juvenil, 2018), será agora evocado o Venerável P. Bartholomeu do Quental (1626-1698), natural dos Fenais da Luz e «mestre na arte da palavra».

A primeira Oficina de Arte e Mística Cristã, realizada no Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, com a colaboração dos jovens da Ouvidoria da Lagoa, baseou-se na pintura, no teatro e na música.


Imagem Programa | D.R.

 

Rui Jorge Martins
Imagem: Nelli Kovalchuk/Bigstock.com
Publicado em 03.01.2019

 

 

 
Relacionados
Destaque
Pastoral da Cultura
Vemos, ouvimos e lemos
Perspetivas
Papa Francisco
Teologia e beleza
Impressão digital
Pedras angulares
Paisagens
Umbrais
Mais Cultura
Vídeos