Vemos, ouvimos e lemos
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Bíblia é o livro mais vendido na Noruega

Uma nova versão da Bíblia em norueguês tornou-se o livro mais vendido da Noruega, além de integrar a lista das 15 obras mais vendidas no país durante 54 das últimas 56 semanas.

Líderes de Igrejas cristãs observam que o interesse pela edição publicada pela Sociedade Bíblica Norueguesa manifesta o aumento da tendência para a aproximação a Deus, a par do crescimento, contínuo mas discreto, da formação bíblica, numa sociedade conhecida pela forte secularização.

A atração exercida pela Sagrada Escritura numa população que gosta de sair da cidade e passar férias no silêncio e solidão das montanhas, fiordes e florestas, estendeu-se também aos palcos: mais de 16 mil pessoas assistiram, ao longo de três meses, a uma peça de seis horas denominada "Bibelen" (A Bíblia).

Ainda que não seja a primeira vez que a Bíblia ocupa o lugar mais alto da lista de vendas, o que tem acontecido periodicamente desde 2011, aquando do lançamento desta edição, responsáveis da Igreja Luterana da Noruega recordam que apenas 1% dos cinco milhões de habitantes do país participam em celebrações religiosas.

Um investigador da Universidade de Oslo, Thorgeir Kolshus, vinca que a religião é uma questão «privada» para os noruegueses, pelo que o número de pessoas que vai à igreja é insuficiente para avaliar a adesão à fé.

Anne-Veiteberg, uma das responsáveis da Sociedade Bíblica Norueguesa, sublinha a importância da imigração no aumento das vendas: mais de 258 mil estrangeiros estabeleceram-se no país nos últimos seis anos, estimando-se que 60% sejam cristãos, enquanto os restantes professam o islão, budismo ou hinduísmo.

A nova tradução foi comercialmente promovida com a difusão de histórias bíblicas, antes do seu lançamento nas livrarias. Foram desenhadas várias capas, que se adaptam à idade dos potenciais leitores.

«Os pensamentos e imagens da Bíblia ainda têm impacto na forma como experienciamos a realidade», observa Karl Ove Knausgaard, um dos tradutores noruegueses da nova versão.

O diretor artístico do teatro Det Norske, que acolheu a peça "A Bíblia", sustenta que mesmo que os noruegueses não fossem à igreja, continuam a ver a Escritura como uma parte importante da sua herança literária.

 

Agência / Rui Jorge Martins
© SNPC | 06.08.13

Redes sociais, e-mail, imprimir

Foto

 

Ligações e contactos

 

Artigos relacionados

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Receba por e-mail as novidades do site da Pastoral da Cultura


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página