Papa Francisco
Paisagens
Pedras angulares A teologia visual da belezaQuem somosIgreja e CulturaPastoral da Cultura em movimentoImpressão digitalVemos, ouvimos e lemosPerspetivasConcílio Vaticano II - 50 anosPapa FranciscoBrevesAgenda VídeosLigaçõesArquivo

Leitura

"O verdadeiro poder é servir": primeiro livro escrito pelo cardeal Bergoglio, papa Francisco, a chegar a Portugal

O livro "O verdadeiro poder é servir", escrito pelo atual papa Francisco, com textos do cardeal Jorge Bergoglio quando era arcebispo da arquidiocese de Buenos Aires, chega esta quinta-feira às livrarias portuguesas com a chancela das Edições Nascente.

No prefácio da obra, de que o Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura já adiantou excertos a partir do original argentino (ver "Artigos relacionados"), o cónego António Rego sublinha que os «escritos inéditos parecem profecias do Papa Francisco».

O volume está dividida em oito capítulos que mostram «o pensamento e os ensinamentos de Jorge Bergoglio», explica Gustavo Larrazábal, diretor editorial da Claretiana, a editora argentina que originalmente editou a obra, em 2007.

«Em primeiro lugar, agrupámos os textos catequéticos, educativos e marianos. Num segundo núcleo, as homilias de Natal, Quinta-Feira Santa, Páscoa e Corpo de Cristo. Finalmente, uma série de textos dirigidos ao diálogo com o mundo da Cultura», explica na nota introdutória Larrazábal.

Para António Rego este livro «é um manual do Pastor de alma lavada, com o Evangelho e o homem na mesma balança com o ponto de equilíbrio na estonteante misericórdia de Deus»: «É disso que se não tem cansado de falar o papa Francisco».

O realizador do programa "O Oitavo Dia", transmitido aos domingos na TVI após a missa, realça que antes de se tornar pontífice já Bergoglio referia «a urgência de evangelizar».

O cónego António Rego destaca que Bergoglio escreveu que «a Igreja está chamada a sair de si mesma e a ir para as periferias não só geográficas, mas também as periferias existenciais: as do mistério do pecado, as da dor, as da injustiça, as da ignorância, da indiferença religiosa, as do pensamento, as de toda a miséria».

Segundo Bergoglio «quando a Igreja não sai de si mesma para evangelizar torna-se autorreferência e então adoece... numa espécie de narcisismo teológico».

Numa carta incluída no volume, Bergoglio aconselha os sacerdotes a rezar e afirma que a responsabilidade pastoral é de 'quem aceita lutar todos os dias com Deus para que salve o seu povo».

Para os meios de comunicação social «a santidade não é notícia, mas sim - pelo contrário - o escândalo e o pecado», referia o atual papa, que questionava: «Quem pode lutar de igual para igual com isto?».

A editora Nascente conta editar um segundo obra livro  papa Francisco, "Mente aberta, coração crente", no segundo semestre deste ano.

 

Lusa | Com SNPC
18.04.13

Redes sociais, e-mail, imprimir

Capa

O verdadeiro
poder é servir

Autores
Jorge Bergoglio
(Papa Francisco)

Editora
Nascente

Ano
2013

Páginas
384

Preço
17,49 €

 

Ligações e contactos

 

 

Página anteriorTopo da página

 


 

Subscreva


Siga-nos no Facebook

 


 

 


 

 

Secções do site


 

Procurar e encontrar


 

 

Página anteriorTopo da página

 

 

 

2012: Nuno Teotónio Pereira. Conheça os distinguidos das edições anteriores.
Leia a última edição do Observatório da Cultura e os números anteriores.